Sindicato pressiona deputados contra projeto que visa privatizar Banrisul
15/10/2019

O Sindicato dos Bancários de Santa Maria e Região integra o movimento contra a privatização do Banrisul. Na manhã desta terça-feira (15), os diretores Margarete Thomasi e Alexandre Soares acompanharam a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa, e conseguiram o apoio de diversos parlamentares contra a venda do banco.

O alvo dos bancários é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 280/2019, distribuída para relatoria. A proposta do deputado Sérgio Turra (PP) e mais 24 parlamentares revoga os incisos 2º e 5º do artigo 22 da Constituição do Estado do Rio Grande do Sul, retirando do texto constitucional a exigência de plebiscito para a eventual venda de empresas públicas.

O relator será o deputado Elizandro Sabino (PTB) - selecionado pela ordem da grade de projetos - que também assinou a PEC.

Os deputados Pepe Vargas (PT), Luiz Fernando Mainardi (PT), Fran Somensi (PRB) e também o presidente da CCJ Edson Brum (MDB) anunciaram que são contra a PEC.

Brum, explicou que votará contra o governo na matéria “tanto na CCJ quanto no Plenário” por uma questão de coerência. O emedebista lembrou que durante a campanha eleitoral os dois candidatos - José Ivo Sartori (MDB) e Eduardo Leite (PSDB) - prometeram não privatizar empresas públicas.

Pepe Vargas pediu a base do governo que retire a PEC da pauta.

“A não ser que o governador esteja agindo de forma dissimulada. Será que Leite está terceirizando para os deputados a sua vontade de privatizar as empresas públicas? Não tem sentido darmos guarida a isso, até porque sempre que o governo necessita de recursos extras, ele recorre aos Banrisul”, lembrou o petista.

Luiz Fernando Mainardi criticou os deputados da base do governo Leite, que abandonaram ostensivamente a mesa da CCJ.

“Achei que hoje teríamos aqui um debate. Mas os deputados governistas preferiam abandonar a mesa. Isso já mostra que esta PEC pretende restringir até o debate. E por outro lado o governo não combate a sonegação; não rediscute os benefícios fiscais; se ausenta do debate sobre a Lei Kandir e não vai para o debate sobre o pacto federativo”, protestou o deputado.

Hora da pressão!
A diretora do Sindicato, Margarete Thomasi, ressalta que a atividade foi fundamental por mostrar que os bancários estão mobilizados para resistir e pressionar os deputados.

"O importante é que a categoria acompanhe o que está acontecendo. Precisamos estar mobilizados para manter a instituição pública", afirma Margarete.

Além de pressionar os deputados contra a tramitação da PEC, o Sindicato também articula apoio institucional em defesa do banco. As Câmaras de Vereadores dos municípios da base do Sindicato estão debatendo moções de apoio à permanência do Banrisul público.

"São Sepé, Nova Palma e Faxinal do Soturno já aprovaram moções. Também estamos encaminhando a iniciativa às Câmaras de outros municípios da nossa base. Não à PEC 280/2019, não à privatização, o Banrisul é nosso", defende Margarete.


Maiquel Rosauro*, Jornalista (MTB/RS 13334)
Assessor de imprensa
Sindicato dos Bancários de Santa Maria e Região
(55) 996-811-384
* Com informações da Fetrafi/RS e do Sindbancários de Porto Alegre e Região


[Voltar]

Sindicato dos Bancários de Santa Maria e Região - Rua Dr. Bozano, 1147 - Ed. Marilene, Salas 301, 302 e 306 CEP: 97.015-003 - Santa Maria/RS
Fone: (55) 3222.8088 - E-mail: contato@bancariossm.org.br