Liminar impede convocações no Banco do Brasil
29/07/2020

Os funcionários do Banco do Brasil que coabitam com pessoas do grupo de risco para covid-19 não estão mais obrigados a retornarem ao trabalho presencial. A juíza da 19ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, Simone Oliveira, concedeu liminar que derruba a convocação arbitrária da instituição. A decisão foi publicada nesta terça-feira (29) e deve ser cumprida de forma imediata pelo banco.

A ação foi movida pela Fetrafi-RS e pelo SindBancarios, os quais entendem que o retorno deve ocorrer apenas após o término do estado de emergência, que tem se agravado, com UTIs lotadas em diversos municípios gaúchos.

Para a diretora da Fetrafi-RS e funcionária do Banco do Brasil, Cristiana Garbinatto, a convocação do banco é absurda visto a atual situação da pandemia no Rio Grande do Sul.

"Estamos comemorando bastante esta decisão, pois trata-se de uma decisão judicial muito humana no sentido de preservar vidas dos nossos colegas e, principalmente, de seus familiares. É uma derrota para esse governo genocida e a essas políticas genocidas que tem aparecido nas empresas públicas", afirma Cristiana.

A principal reivindicação do movimento sindical é de que mais funcionários fiquem fora das agências atuando em sistema de rodízio.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 2.404 novos casos de covid-19 e 69 óbitos no Estado. Desde março, foram registrados 62.347 casos da doença e 1.680 mortes. A taxa de ocupação de leitos UTI em geral, nesta quarta-feira (29), é de 76,9% no Rio Grande do Sul.


Maiquel Rosauro, Jornalista (MTB/RS 13334)
Assessor de imprensa
Sindicato dos Bancários de Santa Maria e Região
(55) 996-811-384


[Voltar]

Sindicato dos Bancários de Santa Maria e Região - Rua Dr. Bozano, 1147 - Ed. Marilene, Salas 301, 302 e 306 CEP: 97.015-003 - Santa Maria/RS
Fone: (55) 3222.8088 - E-mail: contato@bancariossm.org.br