Assembleia Legislativa reinstala Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público

A Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público foi reinstalada na manhã desta terça-feira (30) no salão Júlio de Castilhos da Assembleia Legislativa. A Frente é presidida pelo deputado Zé Nunes (PT) e tem o objetivo de estimular o debate sobre a importância da instituição financeira para o desenvolvimento do estado e sobre as consequências de um eventual processo de privatização do banco.

A diretora de Relações Públicas e Movimentos Sociais do Sindicato dos Bancários de Santa Maria e Região, Julciléia Pereira, destaca que o banco é uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento do Estado.

“O Banrisul tem uma história que precisa ser respeitada , com uma equipe qualificada. Em 117 municípios, é o único banco que se faz presente. Hoje, reiniciamos a luta pelo Banrisul público, garantindo assim o desenvolvimento sócio econômico no Estado. O Banrisul é nosso, do povo gaúcho!”, afirma Julciléia.

Conforme Zé Nunes, o Estado amarga baixos indicadores de desenvolvimento econômico, e o Banrisul tem um papel fundamental como ferramenta indutora de projetos.

“É possível imaginar o crédito rural no Brasil sem a presença do Banco do Brasil? Imaginar o crédito habitacional, as políticas públicas sociais do governo federal sem a ferramenta da Caixa Econômica Federal? Dá para imaginar como o governo iria implementar? Eu não consigo imaginar”, reforçou o parlamentar.

O deputado lembrou que durante o governo Tarso Genro (PT), o Banrisul foi usado para aplicação do programa de microcrédito e, com isso, a carteira de longo prazo do banco cresceu 80%. Em contrapartida, nos últimos dois governos estaduais a mesma carteira caiu 77%. Zé Nunes atribuiu isso à falta de um projeto claro de desenvolvimento.

Fonte: Assembleia Legislativa e SEEB/SM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − 1 =